Tribunal Popular do Judiciário. Quem?

Cáritas Brasileira Regional Maranhão
(98) 3221 2216, caritas@elo.com.br

Associação de Saúde da Periferia
asp.ma@terra.com.br

Conferência Nacional dos Bispos do Brasil – Regional Nordeste V

Pastorais Sociais

Sociedade Maranhense de Direitos Humanos
(98) 3231 1601, smdh@terra.com.br

Ordem dos Advogados do Brasil/MA

Rede/Fóruns de Cidadania

Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra
mstma@veloxmail.com.br

Centro de Direitos Humanos de Açailândia

Movimento Reage São Luís

Comissão de Justiça e Paz

Evangélicos Pela Justiça
(98) 8825 9040

*

Quer participar? Escreva ou ligue para a Cáritas Brasileira Regional Maranhão, contatos acima.

4 Respostas to “Tribunal Popular do Judiciário. Quem?”

  1. Jornal do Povo Says:

    Baseado na liberdade de pensamento, o Jornal do Povo ou JP Online (www.jornaldopovoma.com.br), com cobertura prioritária na Microrregião de Codó, quer ampliar o estímulo à promoção do conhecimento, à reflexão e à qualificação dos debates pautados na intransigente defesa da cidadania, dos direitos da pessoa humana, em favor da qualidade de vida da minoria oprimida e excluída, sob censura política, econômica e social deste grande Maranhão. Que movimento bonito!

  2. raimundo alves de sousa Says:

    muito importante essa entidade que prega a cidanania, e luta pelos os direitos do cidadão,parabens a todos que levanta essa bandeira,e brigam por justica social pelos valores eticos do ser humano, viva o maranhão está avacando…

  3. Gerson Ferreira de Oliveira Says:

    Valorizo e muito mais, respeito a cada um que envolve pela causa da vida e da dignidade da pessoa humana.Gostaria de saber se em Minas Gerais existe o Tribunal Popular do Judiciário. Caso não venha a existir ainda, podemos pensar urgentemente nesta questão, principalmente porque precisa.
    Espero e aguardo contato:gersoncruzvermelha@yahoo.com.br.
    (31)3239-4200 e 3239-4223 e (31) 8786-2492.

    • zema ribeiro Says:

      Houve recentemente em Minas um evento que debatia controle social sobre o poder judiciário, de que participou, do Maranhão, Ricarte Almeida Santos, secretário executivo da Cáritas Brasileira Regional Maranhão. Mas creio que o Tribunal, em si, ainda não esteja instalado. Fineza fazer contato com o próprio Ricarte (ricarte@caritasma.org.br) e/ou Jorge Moreno (ljorgemoreno@gmail.com).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s