Archive for Abril, 2012

Cáritas Arquidiocesana de São Luís elegeu diretoria

Abril 30, 2012

Terezinha Moura foi reconduzida ao cargo de presidente

Diretoria eleita posa para foto oficial. A presidente Terezinha Moura é a terceira da esquerda para a direita

A Cáritas Arquidiocesana de São Luís realizou no último sábado (28) sua assembleia geral eletiva, que aconteceu na Casa de Retiros Oásis, na Aurora, na capital maranhense.

Representantes do secretariado regional da entidade, participaram da assembleia o secretário executivo Ricarte Almeida Santos, Aurilene Machado e Lucineth Cardoso. Esta última fez a leitura do estatuto e lembrou o compromisso de todos e todas ao assumir os cargos.

Após a eleição, assim ficou composta a coordenação da Cáritas Arquidiocesana de São Luís, que responderá pelas ações da entidade até 2014: Terezinha Martins Moura, presidente; Magnólia Costa, vice-presidente; Erisvan Loureiro, secretário; Sirlândia do Norte, vice-secretária; Conceição Melo, tesoureira; e Rosiléa Pereira, vice-tesoureira. O Conselho Fiscal será formado por Neiliane Rosélia, Samuel Constantino, José João Amorim, Pe. Luigino Rossi, Hildalina Cantanhede e Davilson dos Santos.

Militar que recebia sem trabalhar é denunciado

Abril 12, 2012

Moradores de São Benedito do Rio Preto, membros do Núcleo Local das Redes e Fóruns de Cidadania do Maranhão, apresentaram denúncia ontem, no 24º. BC.

Um grupo de moradores de São Benedito do Rio Preto/MA, visitou ontem (11) a sede da Cáritas Brasileira Regional Maranhão. Eles estavam vindo do 24º. Batalhão de Caçadores, o quartel do Exército, na Avenida São Marçal, no João Paulo. Raimunda Zenaide de Moraes, agricultora de 43 anos, Genésio Alvino Mesquita, professor, 66, e Antonio Dutra Santos, idem, 33, haviam ido prestar depoimento acerca de denúncias realizadas contra gestores daquele município, após a verificação de irregularidades em prestações de contas em auditoria popular. Eles integram o Núcleo Local das Redes e Fóruns de Cidadania do Maranhão.

“São Benedito do Rio Preto tem 66 anos de emancipada e só em 2009, ainda assim pela via judicial, a sociedade civil conseguiu fiscalizar as contas do município”, declarou Genésio. Na denúncia apresentada ao Exército, destaque para um militar que desde 2005 recebe salários da Prefeitura Municipal sem trabalhar. Uma sindicância foi instaurada para apurar o caso.

“Há outros militares, três policiais e um bombeiro, na folha de pagamento do município e esta denúncia será encaminhada aos órgãos competentes, Ouvidoria de Segurança e Corregedoria da Polícia”, anunciou Iriomar Teixeira, assessor jurídico das Redes e Fóruns.